sexta-feira, 23 de novembro de 2012

DISCO VOADOR NOS CÉUS DA CACHOEIRA,NA BAHIA

HÁ MUITO TEMPO não se ouve falar mais em avistamento de Discos Voadores no Brasil. Parece-me que saiu de moda,não obstante o canal History vir apresentando semanalmente uma série de muita audiência sobre "os alienígenas do passado que construíram a raça humana".
Após o término da Segunda Guerra Mundial,a aparição dos tais "objetos não identificados" se deu em várias partes do mundo,gerando especulações de tratarem-se de uma aeronave construída por terráqueos,cientistas alemães nazistas aprisionados pelos norte-americanos.
No Brasil,o mais famoso caso de aparição de um OVNI foi alvo de uma reportagem espetacular da extinta revista "O Cruzeiro" que apresentou várias fotografias tiradas por Ed Keffel,na Barra da Tijuca,Rio de Janeiro,então uma área deserta.
Obviamente,a revista vendeu todos os exemplares,sendo necessária uma nova tiragem.
Não demorou muito.Sem dispor da tecnologia atual,constatou-se que tudo não passava de uma farsa,um engodo para vender mais revistas!
Na manhã do dia 8 de junho de 1952,segundo registrou o semanário "A Cachoeira",na Praça Teixeira de Freitas,em frente ao Hotel Colombo, "deslizava lentamente nos céus cachoeiranos,do poente para o nascente,um objeto metálico sem fazer o menor ruído,sendo avistado por Eduardo Álem,Carlos Menezes (Carlito do Bicho),Manoel Soane Tourinho (Manolo) e Djalma São Bernardo (Djalma Maluquinho)"
O mais curioso é que,das quatro testemunhas,dois eram fotógrafos profissionais (Manolo e Djalma) porém,nenhum deles portavam suas pesadas máquinas fotográficas para o devido registro. Para reparar o episódio,passados 60 anos,sem a devida vênia do mestre Adenor Gondim,fizemos uma foto montagem para ilustrar a matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário