sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

 Erivaldo Brito escreve:
 O ESPORTE CACHOEIRANO

 O BASQUETEBOL,(final),O VOILEBOL E O PING-PONG

A história do basquetebol em plagas cachoeiranas não se esgota nos dois artigos que escrevemos aqui. Alguém poderá,no futuro,fazê-lo melhor.O nosso trabalho foi de garimpagem nos jornais da época: O Social,O Pequeno Jornal,A Ordem,A Cachoeira e o Correio de São Félix,no período em que ainda morava na terrinha e S.Félix mantinha uma boa biblioteca. Faltou-nos algo como súmulas,por exemplo,uma vez que,toda a documentação da antiga Desportiva foi jogada no lixo !
Na década de quarenta,várias equipes interioranas estiveram jogando amistosamente na Cidade Heroica,enfrentando a Desportiva que também jogava fora de casa, como na cidade de Maragojipe que tinha uma ótima equipe e um jogador fora de série: Aurininho Guerreiro.

Na foto à direita,o time da Desportiva. Em pé,da esquerda para a direita: Lídio Conceição (diretor),Salomão,Waldir de Gegeu,Lourival,Hilbernont e Carlos Gottschal(diretor)
Agachados,na mesma ordem: Um diretor maragojipano,Percival Rocha,Hevandro,Pelado e Carlinhos Monteiro(diretor)

Uma das grandes vitórias do basquetebol cachoeirano se deu no dia 22 de março de 1942,ao vencer a seleção de Feira de Santana por 19 x 18 !
O selecionado cachoeirano jogou com Didi,Evangivaldo,Salomão,Nivaldo e Chagas.
Seleção de Feira de Santana: Reginaldo,Kilowates,Pitombo,Lara e Barreto.
 Os cestinhas da memorável partida
Salomão (7),Nivaldo (7),Chagas (4) e Evangivaldo (1) para Cachoeira.
Pitombo (9),Reginaldo (5) e Lara (4) para os feirenses.
Lembramos mais uma vez que, as regras do basquetebol não eram como as do presente. Não existia,por exemplo,a cesta valendo três pontos. Presenciei algumas vezes o já veterano Salomão Lemos fazendo cestas do meio da quadra. Sem dados oficiais,apenas por dedução,acredito que, Salomão só foi superado por Gilvando Soares da Cruz,o popular Ceguinho.
 Fins da década de cinquenta,início dos anos sessenta,o basquetebol cachoeirano ainda era respeitado. Mantido por antigos atletas  como Renato Queiroz,Lourival Melo,Carlito Brito,Geraldo Sales e Evangivaldo,e,de moços como Joanafelix,Paulão,Hermano Martfeld,surgia o time da Juventude Cachoeirana (foto à direita abaixo).Os citados e outros não referidos por esquecimento momentâneo,compravam materiais,bolas,consertavam pranchetas,costuravam redes,pintavam a quadra etc.
 Time da Juventude Cachoeirana (1959)
Em pé,da esquerda para a direita: Alberto Antar,Kalua,Miranda e Zé Mingau (irmão de Alberto Antar).
Agachados,na mesma ordem: Cardoso,Gildo Lobo,Ceguinho e Clóvis Schmidt.
Não tenho notícias se ainda se pratica o basquetebol na Cachoeira.
 
O VOLEIBOL 
Esta modalidade esportiva teve o incentivo dos professores Raimundo Rocha Pires, Carlito Brito e Geraldo Sales. Quando,este último se encontrava na direção do Colégio Estadual da Cachoeira,chegou a promover uma Olimpíada entre os estudantes.
Na minha lembrança de menino,recordo de Lourival Melo fazendo aquelas cortadas,um verdadeiro petardo jogando a bola além do Jardim Grande.A quadra não era fechada. Diziam que era o relógio que ele usava que fazia a diferença. Quando passava algum garoto e cantava uma paródia com conhecida música junina "corta pro céu,Lourival !"  Tinha de dar no pé,Lourinho corria atrás pra dar cascudos! 




O PING-PONG 
 Hoje é considerado um esporte olímpico mas,quando apareceu,era coisa da "elite". Tal modalidade esportiva foi,também,bastante divulgada nas três cidades: Cachoeira,S.Félix e Muritiba.
Na Cachoeira foi introduzido por Frederico Régis,que organizou na Desportiva,no dia 6 de março de 1938,um torneio paraninfado  por Lafayette Almeida e José da Carvalho Mascarenhas.
Segundo jornais da época, - que não divulgaram o vencedor - ,participaram da competição os seguintes jovens de São Félix,Muritiba e Cachoeira:
  Waldo Gavazza,Alberto Teles,Milton Fonseca,Afonso Coentro,Herculano Torres,Raimundo Coelho de Souza,Claudionor Santos,Péricles Barbosa,Orlando Régis,Romir Costa,Aloísio Brandão,José Chagas e Heraldo Campos.
 AS REGATAS DO RIO PARAGUAÇU
As competições náuticas no rio Paraguaçu tiveram início há 110 anos passados,programadas pelo funcionário da Ferrovia Leste Brasileiro,Antônio Carlos da Trindade Melo,idealizador,fundador e administrador do Asilo Filhas de Ana,atual Sacramentinas
Na próxima postagem a gente aborda o assunto,valeu galera?
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário