sexta-feira, 22 de março de 2013

PERFIS BIOGRÁFICOS
Carolino de Leoni Ramos
Nasceu o ilustre cachoeirano (foto ao lado) no dia 15 de junho de 1857,sendo seus pais,Adrião Joaquim Ramos e Maria da Glória Leoni Ramos.
Cursou as primeiras letras em sua terra natal,transferindo-se,depois,para Salvador onde concluiu o curso de Humanidades no antigo Ginásio Baiano.
Desejoso em continuar seus estudos,como na Bahia não havia curso superior de Direito,transferiu-se para o Recife onde bacharelou-se no ano de 1879. 
Sua carreira na Magistratura teve início com a sua nomeação,em 1881,como Promotor Público na Comarca de Pilar (AL).
 Proclamada a República em 1889,foi nomeado Juiz de Direito de Vila Bela (PE)
Em Decreto de 10 de janeiro de 1890,foi nomeado para a Comarca de Joinville,e,depois,para a cidade de Valença (RJ) onde elegeu-se Vereador e Deputado à Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro para o triênio 1895-1897.
Casado com Augusta Vilaboim de Leoni Ramos,transferiu-se para Niterói onde foi eleito Vereador e exerceu o cargo de Prefeito da referida cidade até 1906.
Com a morte do desembargador João Pedro Belford Vieira,foi nomeado Ministro do Supremo Tribunal Federal em 11denovemro de 1910.
Foi eleito vice-presidente do STF em sessão realizada em 2 de abril de 1930,e,em 26 de fevereiro do ano seguinte,era eleito presidente,cargo que ocupou por pouco tempo em vista do seu falecimento ocorrido no dia 20 de março de 1931.
Seu corpo foi transladado para o Rio de Janeiro,com todas as despesas de funeral custeadas pelo governo da República.Seus restos mortais repousam no Cemitério São João Batista e por lá devem permanecer porque os da ilustre cachoeirana Ana Nery que foram para a Cachoeira e estavam em uma urna na sacristia da Matriz de Nossa Senhora do Rosário,eu não tive mais notícia onde estão.Lamentável.Quando a grande imprensa tomar notícia...

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário