sexta-feira, 19 de julho de 2013

DATAS CACHOEIRANAS
ERIVALDO BRITO

Fatos ocorridos no passados na Cidade Heróica neste segundo semestre do mês de julho.
Dia 16 (1944) - Era instalada a Cooperativa Teixeira de Freitas cujo objetivo era a implantação do sonhado ginásio cachoeirano, no salão de reunião do Rotary Club, discursando na ocasião o prefeito Augusto Leciague Régis (que aparece assinalado na foto abaixo tirada por ocasião da inauguração do prédio atual dos Correios), Waldick Moura e o advogado Nelson Silva, representando o referido clube de serviço,
A aludida Cooperativa foi extinta depois de quatro anos.
Dia 17 (1932) - Quando o campeonato cachoeirano de futebol era disputado, ainda, na Praça Maciel, muita gente compareceu apesar da torrencial chuva, a fim de assistir o tão esperado clássico citadino reunindo as equipes do "Paulista" e "Cachoeira", registrando-se um empate pelo placar de um a um, 
Dia 18 (1932) O comentário geral dos torcedores de ambas as equipes é que " o lamaçal acabou prejudicando a partida".
Dia 19 (1942) - O sargento Carrera, instrutor do Tiro de Guerra cachoeirano, organizou e foi homenageado numa partida de futebol entre "Casados" e "Solteiros", com os "Casados" vencendo a partida por 6 a 4 ! Na foto ao lado, Evangivaldo e Valdo Azevêdo, dois grandes jogadores do passado jogando do mesmo lado, no time da Suerdieck mas,na ocasião, "Vanju" defendeu os "Casados" e Waldo ainda era "Solteiro"!
Atenção para as duas equipes:
"Casados" - Moreno, Antônio,Lindú, Cassemiro, Nazú, Praticante, Ubaldo Marques, Zeca Santana, Edgar, Zoio, Evangivaldo e Cobra.
"Solteiros" - Duia, Gabi, Popó, Bebé de Ursecino, Filemon, Manoelzinho, Sala, Adelino, Lula, Waldo Azevedo e Dudu.
Dia 20 (1700) - Era lançada a pedra fundamental para a construção da "Casa de Câmara e Cadeia", (foto ao lado) onde depois funcionaria o salão de juri, Câmara e Prefeitura. Atualmente, apenas a edilidade cachoeirana ocupa o vetusto prédio. 
Nesta mesma data, no ano de 1965, falecia o comerciante de cerâmica João Ranulfo de Santana, mais conhecido como "João Caboclo". Houve grande acompanhamento e as presenças das filarmônicas Lira e Minerva Cachoeirana. 

Dia 21 (1951) - O gerente da fábrica de cigarrilhas Leite & Alves , senhor João Todt era agraciado pela presidência de República  com o título de cidadania brasileira. João Todt era muito querido entre o operariado e pela sociedade de um modo geral chegando até a ser eleito Vereador da cidade.
Na foto acima, a antiga Leite & Alves.
Dia 22 (1945) - O Comitê Liberal da Cachoeira promovia na referida data na Praça da Aclamação, um comício em prol da candidatura do general Eurico Gaspar Dutra, que era apoiado por Getúlio Vargas.
Usaram da palavra Antônio Loureiro de Brito (Jessé, meu pai), Nataniel Gonçalves e Manoel Sapucaia Sobrinho.
Sobre o meu pai, na passagem do centenário do seu nascimento, o dileto amigo professor Pedro Borges dos Anjos deu-nos a honra de publicar na edição impressa de o Guarany uma pequena homenagem.
Nataniel Gonçalves,jornalista, estilista de moda masculina (possuía uma alfaiataria),poeta,artista plástico (pintou a imagem de N.S.da Conceição no teto da Igreja do Monte) e foi prefeito da cidade de São Félix.
Quando recebemos a visita do advogado e jornalista Romário Costa Gomes,aqui no Rio de Janeiro, por coincidência, encontramo-nos com uma filha do citado senhor na Igreja Presbiteriana na Rua Barata Ribeiro, Romário tirou várias fotografias.
Manoel Sapucaia Sobrinho entrou em contato comigo por causa do jornal "Correio de São Félix", através do amigo comum José Minho Lopes. Ele morava em Itaberaba. Cachoeirano esquecido, dirigiu alguns jornais em sua terra natal e é o autor da letra da  "Jaculatória à Virgem do Rosário" com música do maestro Chico Fróis. Lamentavelmente, "alguém" resolveu fazer uma "Parceria indébita" incluindo alguns versos, desconhecendo mesmo o significado da palavra "Jaculatória" que é uma oração breve.
Dia 23 (1928) - Data da fundação do Clube Regatas Paraguaçu, clube de futebol de maior torcida da cidade,na ocasião.
Dia 24 (1964) - Falecia o senhor Luiz Antônio de Lemos, figura destacada no comercio e nos círculos sociais.
Dia 25 (1878) - Sob a direção de João Cassimiro, vinha à lume o jornal cachoeirano "Florilégio Literário".
Dia 26 m(1934) - Os músicos João Rodrigues (Balaio), Antônio Porcino dos Santos (Totonho Cabeçorra), Antônio José de Carvalho e Luiz Soares da Cruz, formaram um conjunto dançantes e deram o nome de "Jazz Band Guarany.
Dia 27 (1930) - O Asilo Filhas de Ana, (atual Sacramentinas),realizava uma exposição dos trabalhos do artista Manoel Paraguaçu. A visitação, a título de ajuda à Instituição, custava "duzentos réis" !
Dia 28 (1884) - Mediante Lei Provincial de número 2.460, São Gonçalo dos Campos tornava-se município, desmembrando-se da Cachoeira.
Dia 29 (1938) - No Rio de Janeiro, falecia o artista gráfico Orlando Chagas, filho de Durval Chagas antigos proprietários do pioneiro jornal "A Ordem" que circulou por mais de 60 anos.
Dia 30 (1971) - A assessoria de imprensa do estado da Bahia divulgava que, o então governador Antônio Carlos Maglhães instalaria a sede do governo no mês de agosto, ou seja, a Cidade Heroica e Monumento Nacional seria elevada à categoria de capital do estado.












                                                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário