sexta-feira, 30 de agosto de 2013

OPINIÃO

Sujeira política e o "Lixo Zero"

O Lula disse recentemente que, fica puto da vida quando falam mal dos políticos. Mas, minha gente, não foi ele mesmo quem disse que eram trezentos picaretas?  Pois é; o deputado Natan Donadon, (cabra danado de bom), condenado pelo STF por ter metido a mão no dinheiro público teve o seu mandato mantido graças a 280 de seus pares, sendo 131 votos a favor, 41 abstenções de araque e 108 ausências premeditadas e bem-vindas.
Quando os protestos explodirem Brasil afora no Dia da Independência, neguinho vai ficar chiando. "Neguinho" no sentido carinhoso e como se dizia no meu tempo sem qualquer conotação racial, mesmo porque sou afro descendente.
Realmente os caras cagaram e andaram, ficaram de costas para os protestos de rua, criando um fato inusitado: é o primeiro deputado prisioneiro do Brasil !
De muita objetividade a campanha "Lixo Zero" implantada aqui no Rio. Com medo de levar multa a patuleia está contribuindo para reduzir a sujeira na cidade, um dos itens mais criticados pelos turistas que visitam a Cidade Maravilhosa. 
A multa mínima pra quem for flagrado jogando uma "guimba" (ponta de cigarro)  na rua (na minha terra é "brefa") é de R$ 157 e vai até 3 mil. Não sei o que dirão os citados turistas se forem até Salvador, onde a sujeira nas calçadas e  no espaço público de um modo geral chegava a um nível que beirava ao insuportável quando lá estive há dois anos passados.
Naquele ano, estive na minha terra natal durante a Feira do Porto e os festejos cívicos do 25 de Junho. Fui apanhado de surpresa quando vi uma moradora da Rua da Feira chegar até a porta da sua casa e...vupt ! Jogou um saco plástico contendo vísceras de galinha que a família iria naturalmente traças no almoço. E olha que os Garis haviam limpado tudo direitinho, a caçamba do lixo recolheu tudinho... Custava atravessar a calçada e colocar na lixeira ?
Para completar o quadro (que pode ser engraçado mas não é piada), apareceu não sei vindo de onde um porco enorme !  Pendei até que fosse um javali ! Corri pra dentro da casa da minha saudosa mãe. Tranquei a porta e fiquei olhando pela frincha da janela o trabalho daquele faminto gari improvisado.
Voltando ao "Lixo Zero", e, para finalizar, só quero ver se vai haver multa nas famigeradas panfletagens na próxima campanha presidencial, sobretudo no dia da eleição. Vá ver que, no bojo da lei, os partidos políticos estarão isentos e podem continuar cometendo sujeiras.  Não duvido nada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário