sexta-feira, 22 de novembro de 2013

                                                  A CLT Setentona              
Carteira de Trabalho de Vargas

Imperdível, - pelo menos para o meu gosto -, a visita que fizemos ao Museu da República situado no antigo Palácio do Catete a fim de curtir a exposição cuja mostra engloba questões inerentes às relações trabalhistas de meados do século dezanove até os dias presentes, a fim de assinalar a passagem dos 70 anos da Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT.
A amostra auxilia o visitante a refletir as lutas enfrentadas pelos trabalhadores para o reconhecimento dos seus direitos, as reivindicações recentes acerca das mulheres no mercado de trabalho, os efeitos dos meios de comunicação como a Internet e da globalização, o trabalho informal,e, por fim, a exploração da mão de obra infantil, tema que abordamos em nossa monografia e obtivemos uma nota surpreendente.
A reunião de todas as leis inerentes à relação capital e trabalho então existentes, foram reunidas (consolidadas) e promulgadas pelo presidente Vargas no dia 1º de maio de 1943 passando a vigorar a partir de 10 de novembro do mesmo ano.
A exposição reúne um acervo maravilhoso de documentos e objetos pessoais que pertenceram ao presidente e trabalhadores anônimos; medalhas, flâmulas, fotografias raras de operários na linha de produção, livros, artigos e jornais da época.
Pra mim foi show, valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário