sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

O saudoso amigo Calazans, bicampeão intermunicipal de futebol jogando pela seleção cachoeirana, me disse  certa feita que, indo para o cinema, me viu juntamente com o meu irmão, Erione,contando piadas com muita gente à volta e pensou:
- Vou ser amigos desses caras ! 
Era mania, naqueles tempos, contarem e inventarem piadas. Raimundo Santana gostava de contar as deles como se fossem com seus amigos Poporrô, Zé Lestreco, Deraldo Relojoeiro, Domingão...
Já o compadre Valdir de Gegeu era um craque. A mesma piada contada por ele tinha conotações diferentes e valia a pena ouví-lo contar de novo.
Heraldo, meu companheiro de Os Tincoãs, por vezes demorava em entender a anedota. Frações de minutos, depois, ele se embolava de rir e repetia o final perguntando aos presentes e a quem contou:
- Você entendeu?
No meio da turma que frequentava o Expresso, a Bahiana, e,depois, o Bar de Dadinho (O Sucesso),aparecia sempre um rapaz chamado pelo nome do pai, Lago, um senhor que trabalhava nos Correios e Telégrafos.
Quando Lago se aproximava para contar uma piada, antes, ele entregava o ouro:
- Vocês conhecem aquela piada do português que a mãe morreu e passou um telegrama dizendo "sua mãe subiu no telhado..." 
Nos dias atuais contar piada saiu de moda. Aliás, conversar, mesmo em família, saiu de moda, todo mundo está conectado, "Conversa-se" com quem está distante, ignora-se quem está ao lado, ou seja, os meios de comunicação avançam e a população retroage !
Outro dia, no aniversário de Luiza, minha neta, aproximou-se de mim um amigo e me contou um bom "causo" e eu vou passar pra vocês. A cena se desenrola na entrada do Paraíso. O santo Pedro, encarregado de fazer a triagem, examina a longa fila sem preguiça. E começa sua tarefa de Inquiridor-mor  perguntando a um americano, o primeiro da fila:
-  My friende, o que é que é mole mas na mão das mulheres fica duro?
O amaricano respondeu:
- Nail lacquer !
Pedro vibrou:
- Perfeito ! O esmalte que pinta as unhas. Pode entrar.
O segundo foi um italiano. Pedro perguntou:
- Onde as mulheres têm o cabelo mais enrolado?
O italiano respondeu:
- No continente africano !
- Parabéns! Entre,por favor !
Foi a vez de um espanhol:
- O que é que todas as mulheres têm, começa com a letra B e termina com A e não sai da cabeça dos homens?
O gringo respondeu:
- La BelezA!
Pedro ficou exultante:
Perfeito: a beleza!  Adelante, irmão, pode adentrar!
O próximo,um francês mostrava-se nervoso. O Chaveiro do Céu dirigiu-se para ele:
-  O que é que as mulheres têm no meio das pernas?
- Du genou ! (o joelho)
- Bravo! Pessoas com a mente pura raciocinam assim. Pode entrar, irmão!
E para um inglês:
- O que é que a mulher que é casada tem mais larga que a solteira?
- Bunk ! 
- Exato: a cama ! . Entre, mister.
E foi a vez de um alemão:
- O que é que é redondo, tem duas letras, um furo no meio, começa com C, quem dá fica feliz e quem ganha fica mais ainda?
O alemão respondeu sem pestanejar:
- CD !
- É isso ai,pode entrar !
O próximo,até que enfim, seria um brasileiro. Eu disse seria?  Sim,porque o patrício saiu da fila e ameaçou sair correndo quando Pedro,complacente,o impediu:
- E você, caríssimo irmão, não vai responder?
O brasileiro falou entristecido:
- Sem chance. Errei todas as anteriores !

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário