quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

DATAS PARA SEREM LEMBRADAS

José Ramiro das Chagas

No dia de hoje, há 169 anos volvidos, nascia o ilustre cachoeirano José Ramiro das Chagas (1845-1927),filho de dona Simplícia das Chagas e do capitão Pedro Nolasco das Chagas.
Devotado à arte tipográfica, contando apenas 23 anos de idade, fundou em sua terra um semanário humorístico a que ele deu o nome de O Crítico, e, em 2 de julho de 1870, o semanário A Ordem ligado ao Partido Conservador, tendo como companheiros de redação Hermindo Carvalho, Pedro Vergne de Abreu, Aristides Augusto Milton e o sanfelixta Inácio Tosta. O referido semanário circulou por mais de 50 anos.
A sede de "A Ordem" era no primeiro sobrado à direita da foto

Além de empresário gráfico, dotado de um espírito progressista, José Chagas foi um dos fundadores do Monte Pio dos Artistas Cachoeiranos e em muito ajudou o ferroviário Antônio Carlos da Trindade Melo na criação do Asilo Filhas de Ana, atual Sacramentinas.
Inteligente e laborioso, o ilustre cachoeirano foi um grande incentivador dos jovens, das artes e da literatura.
Sem jamais haver pleiteado qualquer cargo ou função pública, dedicava-se apenas aos trabalhos da sua oficina onde praticamente trabalhou até às vésperas de morrer.  O seu sepultamento, em a tarde de o dia 11 de setembro de 1927, foi um verdadeiro preito de admiração de seus contemporâneos às suas qualidades de homem justo, trabalhador e honesto
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário