sexta-feira, 10 de outubro de 2014

OPINIÃO
O futuro do país   
Recomeçou a propaganda eleitoral gratuita (alguém pagaria para assistir?) para o segundo round (desculpem) segundo turno das eleições presidencial  para governadores em alguns estados.
De acordo com a lei eleitoral vigente eu alcancei a minha alforria, estou liberto de comparecer "obrigatoriamente" ao local de votação mas, longe de mim deixar de exercer o sagrado dever de cidadania.
Vamos todos assistir de novo as autolouvações, as manobras satanizadoras boladas pelos gênios marqueteiros, tudo a fim de derrubar o adversário. É aquela lamaceira que todos conhecemos de denúncias comprovadas e delações premiadas. Breve alguém vai criar o Trofeu Silvério dos Reis.
É impossível evitar o desalento quando se ouve nos debates tanta baixaria e nenhum programa de governo, nenhuma proposta para um combate obstinado e firme à corrupção o que, em outras palavras significaria mais dinheiro para a educação, para a saúde, para a segurança, para os aposentados do INSS...
Confesso a vocês que eu já defini o meu voto. Fiquem certos de que não será nulo e muito menos em branco, sem qualquer preconceito racial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário