sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Quem sou eu?    
Francisco Prisco de Souza Paraíso, nascido na cidade da Cachoeira, na Bahia, em o dia 18 de janeiro de 1840, filho de Francisco de Souza Paraíso e dona Carlota Cândida Paraíso.
Bacharelando-se em Direito em 1864, no Recife (não havia faculdade de direito no estado e muito menos exame de ordem), exerceu a Promotoria em sua terra natal, sendo, depois, eleito Deputado Provincial, reeleito no pleito de 1868.
Até a dissolução das Câmaras, era Deputado Geral. No chamado "Gabinete Lafaiete", ocupou o cargo de Ministro da Justiça, e, em 1885, com a queda da situação liberal, foi cassado o seu mandato.
Eleito em 1889 não chegou a exercer o seu mandato por causa da implantação do regime republicano.
Aos 55 anos de idade, em 8 de novembro de 1895, Prisco Paraíso veio a falecer em sua terra natal, sendo seu corpo velado na Igreja da Ordem Terceira do Carmo. Durante a cerimônia fúnebre tocaram as filarmônica Lira Ceciliana e a hoje extinta Orquestra de N.S. da Ajuda.
As sete hora da noite, havendo a empresa Dannemann disponibilizado uma lancha da empresa, o ataúde do ilustra cachoeirano foi levado até a povoação de São Roque do Paraguaçu onde foi sepultado.
O advogado e Deputado Aristides Milton inseriu na ata da Câmara Federal o seu voto de pesar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário