sexta-feira, 21 de novembro de 2014

FOI O DEPUTADO UBALDINO DE ASSIS que trouxe do Jardim Botânico do Rio de Janeiro as mudas das palmeiras imperiais que davam imponência e enfeitavam a ladeira do Monte (foto acima), as entradas dos cemitérios da Piedade e dos alemã, no Rosarinho e parte da orla fluvial.
Com a instalação da energia elétrica, sob a alegação de que as folhas ao caírem poderiam causar curtos circuitos, as palmeiras imperiais da Cachoeira foram abandonadas e algumas simplesmente podadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário