segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

OPINIÃO
Que venha 2015!
"
"Adeus Ano Velho,
Feliz Ano Novo!"   

Dizia assim uma antiga canção de fim de ano. Realmente foi um gênio o sujeito que inventou o tal de "ano novo" como se os problemas do "velho ano" se extinguissem num passe de mágica.
Procuro manter a esperança, no entanto, como eu sou um sujeito mais ou menos informado fico cauteloso diante os acontecimentos que apontam um 2015 de grandes dificuldades de ordem financeira, que o escândalo da Petrobras colocará o nosso país no ranking de o mais corrupto do planeta, de que o que  foi roubado do seu,do meu,do nosso dinheiro quase nada será repatriado.
Empresários estão vendo o sol nascer quadrado e já foi divulgada uma lista com políticos envolvidos em propina, graças à atuação do Ministério Público, Polícia Federal e um moço destemido chamado Sérgio Moro, Juiz Federal que dignifica a função que exerce, porque os chefões não sabiam de nada, decisões que deram prejuízos de bilhões assinadas em relatório considerado "falho", e-mails mandados por uma alta funcionária da empresa sem nenhuma providência por não serem claros,não serem explícitos!
O que me deixa mais irritado é ouvir a desculpa tipo "sempre foi assim, todo mundo fez!" com o objetivo de deixar o público confuso e os mais esclarecidos até entediados.
Sinceramente,galera,gostaria de, nesta última postagem do ano, esbanjar otimismo porém,tudo indica que a novela será longa, uma história sem fim,  sobretudo porque acionistas americanos estão ajuizando ações e a rapaziada de lá não aceita prejuízos nem por um decreto. Aqui, quem sabe de tudo não sabia de nada, aliás desde o mensalão, hoje,diante da petroroubalheira virou uma merreca.
O ex-diretor da empresa petrolífera nacional que está em cana,  em sua "delação premiada" afirmou o que já se suspeitava: a roubalheira existe também nas construções de rodovias, hidrelétricas,aeroportos,portos, usinas, enfim, onde pinte dinheiro público para ser roubado e o povão que se lasque. É estarrecedor!
Teremos um 2015 de enormes dificuldades financeiras com o aumento das tarifas públicas, a volta da inflação, talvez a volta da CPMF, um novo pibinho... 
Os aposentados do INSS, achatados ano após ano enquanto ex-governadores, ex-políticos, viúvas e afins recebem polpudos vencimentos vitalícios já aprovados.
Se a Justiça agir com rigor e punir TODOS os envolvidos, para mim, 2014 não foi de todo ruim e há esperança ainda para 2015.
Obrigado a todos e a todas que acompanham e prestigiam este blogger e que se deram ao trabalho de enviar-me votos de boas festas. Em janeiro a gente volta.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário