sexta-feira, 30 de janeiro de 2015


 
A prova do crime
De repente, assim do nada, acontece um "devorteio", uma cólica inesperada, prenúncio de que o "numero dois" está pedindo passagem. Duvido que já não tenha acontecido com você, caro leitor. E o pior é que nem sempre a situação é favorável, acontece normalmente na rua ou em ocasiões impróprias, né mesmo?
Não lembro mais a data, - nem vem ao caso -, mas, eu estava na porta do Solis Bar do saudoso amigo Domingos Miraldo Costa, Domingão, quando sentí aquela urgência de atender uma necessidade fisiológica. O meu primeiro pensamento foi ir até o sobrado onde morava a minha madrinha,Laura. Ao chegar na porta do referido sobrado, pensei o seguinte: "poxa, há muito tempo não piso os pés aqui, vou subir logo agora que estou necessitando ir ao sanitário?!"
Resolvi seguir adiante, ir até a casa da minha mãe, ali na rua Quintino Bocaiuva, Curiachito. 
A minha estratégia foi desviar o pensamento. Fui contando qual seria a quantidade de passos da casa da minha madrinha até a casa da minha mãe. E lá fui eu contando os passos achando que a medida que eu ia me aproximando da rua os passos iam se encurtando, a velocidade diminuindo.Andar com pressa é pior.
Finalmente cheguei até a Fábrica de Ladrilhos Ônix. faltavam poucos metros. O meu amigo e proprietário da fábrica, Adaucto Salles Ribeiro, de dentro do balcão gritou:
- Vai passando assim sem dar uma chegadinha? Eu respondi qualquer coisa como "volto já!" Estava suando que nem cuscus.
Ih! quando cheguei na casa da minha mãe, porta fechada, ela havia saído. Metia a mão na janela que era de guilhotina. Ah, felizmente não estava trancada por dentro. Saí, já, de calça arriada correndo pelo corredor.
Bem,tomei uma bela ducha e, como de costume lavei minha cueca pendurando-a num arame no quintal.
Algum tempo depois eu encontrei com a minha saudosa mãe e lembrei-me de preguntar:
- Minha mãe, a senhora viu uma cueca vermelha que eu deixei pendurada no quintal da sua casa?
E ele, surprêsa:
- Era sua? Rapaz, eu pensei que era de Rubem...dei umas porradas nele, disse que ele tinha tomado um fofaq cu e saiu deixando pistas no corredor e como prova a cueca e ele continuava teimando com aquela boca dura que nel siri !
 

 

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário