sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A morte do fundador de O Guarany  
A cidade da Cachoeira foi surpreendida naquela sexta-feira, 27 de janeiro de 1888, com a notícia do falecimento prematuro de um dos seus filhos mais ilustres, Augusto Ferreira Mota (foto) de apenas 28 anos, proprietário e redator-chefe do jornal O Guarany, que chegou a circular diariamente, posição pioneira entre jornais interioranos.
Dentre as campanhas encampadas por Augusto Mota, está a implantação do Carnaval na histórica cidade baiana em substituição ao famigerado Entrudo, uma "brincadeira" violenta que consistia em atirar farinha de trigo, talco, água e até fezes e urina !!!
O Entrudo na Cachoeira fez uma vitima fatal; o jovem José Ramiro das Chagas Filho, de apenas 18 anos, filho do proprietário do jornal cachoeirano A Ordem. Pensando que seria "entrudado" pelo jovem, o comerciante Cesário Avelino da Silveira o assassinou.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário