sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

FUTEBOL

Zé Fernandes e Balaio, dois zagueiros.
Raimundo Barbosa, o Caçulinha, recentemente falecido, atleta polivalente (atuou de goleiro na seleção cachoeirana),foi companheiro de Zé Fernandes e Balaio no time da Colônia Esportiva Cachoeirana no ano de 1966.
Zé Fernandes era um zagueiro central muito bom nas bolas alçadas em sua área, possuía um excelente tempo de bola o que o permitia antecipar as jogadas, desarmar o atacante adversário. Seu companheiro de zaga, Balaio, por vezes impunha respeito usando de virilidade, limpando a área co  chutões mas, quando menos se esperava, no meio da confusão, ele saia elegante e altaneiro com a bola nos pés exibindo toda a sua classe.
O então comentarista da Rádio Sociedade da Bahia, o também cachoeirano Virgílio Elísio da Silva Neto, atual diretor de programações da CBF, afirmava categoricamente que Balaio era o melhor quarto zagueiro do futebol baiano em atividade.  João Nildo Rodrigues,Balaio, não quis profissionalizar-se, já era funcionário da Petrobras.
José Fernandes Maciel Lima, Zé Fernandes, técnico em reparos de máquinas de escritório, tornou-se profissional pelo Galícia, disputou o campeonato baiano, e, candidato à prefeito da Cachoeira, foi eleito para o período de 1997 a 2000.
Haveria um lugarzinho para os dois, ou um deles na atual seleção que conquistou o oitavo título intermunicipal de futebol amador da Bahia?
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário