sábado, 21 de fevereiro de 2015

PERIGO QUE VEM DO CÉU
Bala Perdida 
O Rio vai comemorar seus 450 anos com um recorde negativo; pessoas vitimadas por balas perdidas. Estamos, ainda, em fevereiro (graças a Deus acaba hoje o famigerado Horário de Verão) e mais de 30 pessoas morreram, ou seja, em média um inocente por dia, no mês de janeiro.
O assunto, galera, é gravíssimo, o cidadão de bem tornou-se refém da vagabundagem, ninguém está seguro nesta cidade.
Essas balas, em grande parte, são disparadas em assaltos, bang-bang entre a poliçada e a margina, sem falarmos nos idiotas dos "zé manés" que falam que é "maneiro" atirar pro alto.
 Não sou armamentista e muito menos beligerante, porém, dados estatísticos comprovam a ineficiência do desarmamento do cidadão uma vez que, os governos que têm o poder de polícia atuam da maneira que sabemos.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário