sexta-feira, 13 de março de 2015

ACONTECEU 
* Aos 90 anos de idade,morreu Inezita Barroso (1925/2015), pioneira na divulgação da chamada música caipira. A estimada artista levou consigo o recorde de ter estado à frente do "Viola Minha Viola" o mais longevo programa da televisão brasileira.
Todas as vezes que eu "sapeava" o controle remoto da minha televisão e ouvia a Inezita cantando, remontava aos  primeiros anos da minha infância escutando-a no serviço de alto-falantes A Voz da Cachoeira:
"Lampião de gás/ Lampião de gás / Quantas saudades você me traz..."

* O meritíssimo doutor juiz Flávio Roberto da Souza, aquele do caso Eike Batista, está, agora, sendo investigado criminalmente por causa do desaparecimento da grana que foi apreendida pela Polícia Federal na casa do ex-bilionário.

* Os senadores Lindbergh Farias e Fernando Collor, estão agora juntinhos na lista dos que serão investigados na operação Lava-Jato.
O Lindbergh foi um dos "cara-pintadas"  que redundou no impeachment do Collor sendo, portanto, inimigos históricos. Hoje estão abraçadinhos na tenebrosa transação que envolve a Petrobras.

* Na lista do Janot, procurador-geral da República, o PP (Partido Progressista) e que teve a maioria de filiados denunciados. Na Câmara, o deputado Jerônimo Goergen (PP do Rio Grande do Sui), um dos que vai responder a inquérito, não conteve as lágrimas e foi consolado pelo seu colega deputado Paulo Maluf, que defendeu a "reformulação moral do partido".
Só faltava essa: logo Maluf, condenado por improbidade administrativa e processado internacionalmente pela Interpol pregando "reformulação moral" !

* E para encerrar a coluna e o assunto lista do Janot, o vice-governador e secretário de estado João Leão, lá da minha Bahia, de quem tenho informações de ser um cidadão cortez e educado, ao responder a uma repórter sobre a inclusão do seu nome na referida lista, disse um ditado muito conhecido na terrinha:
- Tô cagando e andando !
No meu entendimento ele não está sozinho: a maioria dos políticos envolvidos pensam da mesma forma.

 




 




 


 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário