sábado, 11 de abril de 2015

FALA, GALERA!    


Esta fotografia do acervo de Erivaldo Brito é fantástica! O conjunto de sobrados destacado é aquele da antiga Pousada do Pai Thomaz até o Solar Estrela, onde funcionava a Biblioteca Ernesto Simões filho. O que chama a atenção é todos os sobrados têm a mesma configuração e alinhamento: parace ser um só sobrado. E era. Nesse imóvel grandioso e imponente funcionava a alfândega de Cachoeira, construído no mesmo tempo em que foi construído o prédio da Casa da Câmara, Relação e Cadeia e o pelourinho, na época em que Cachoeira foi elevada a categoria de Vila de Nossa Senhora do Rosário do Porto da Cachoeira do Rio Paraguaçu.

MEMÓRIA

A tragédia na rodovia da Cachoeira 
Nelson Brito Nelson Seria este acontecimento que esvaziou a fé dos milagres? Hoje quase nem se fala. As romaria quase nem se ver.
João Matos Figueiredo Alguns dias após o acidade, localizaram uma vitima perdida no mato tratava de um Senhor portando um grande ferimento na cabeça com avançado estado de infecção (infestada de morotós). No acidente ele se afastou do local por ter ficado desorientado. A família estava desesperada, pois até então não o localizaram. Levado à Santa Casa, recuperou-se dias após voltou para sua residência. Disseram milagre!!!!. E os outros que se foram? A verdade é que não era o dia dele, eis que todos nós haveremos de desencarnarmos um dia.


QUEM SOU EU?

Nelson Brito Nelson O Nicolau e o Pedro Orquestra lembro-me muito bem. Como gostavam de armar confusão.

"Causos" Verídicos - GARAPA PURA

Rosa Brito Este é muito bom
Ilka Maciel Erivaldo, lembro-me de meu pai com seus "causos", Garapa Pura, Remelexo...qtas vezes ouvi essas histórias...Bom final de semana, primo. Aguardo novos "causos" e histórias de nossa querida Cachoeira e São Félix
Luis Claudio Dias Do Nascimento Erivaldo Brito, ri pacaramba da histórias das figuras de Cachoeira. Muito legal mesmo! Conheci Alguns personagens, meu pai...Conheci Tiloso e suas cantigas. Mas faltaram Pistoleiro Bossa Nova, Play Carioca, Dançarina (por que gostava de uma música que tinha um verso assim: "dançarina me dá o prazer..." E, como Garapa Pura da sua história, se ele passasse e alguèm cantasse "Dançarina me dá o prazer...", ele completava: "de dançar com sua mão de depois f..." kkk



Nenhum comentário:

Postar um comentário