sexta-feira, 17 de abril de 2015

O diretor financeiro da Petrobras, Ivan Monteiro, não esteve na China para visitar a famosa muralha. Com a experiência no mercado financeiro internacional adquirido quando foi diretor do Banco do Brasil, Ivan conseguiu acordar com os chineses um empréstimo na ordem de três bilhões e quinhentos milhões de dólares.
Para o Banco de Desenvolvimento da China não é novidade alguma e muito menos se trata de colaboração internacional por motivos ideológicos; eles já emprestaram grana para los hermanos argentinos e venezuelanos a juros de mercado,claro. Negócio da China é o cacete! Os chineses estão de olhos bem abertos.

 As empresas distribuidoras de energia efetuaram um estudo em que aponta o quase certo aumento da inadimplência nos pagamentos das contas, em face do expressivo aumento das ditas cujas. O que pensa, então, a Agência Reguladora? Reduzir o percentual absurdamente aumentado? Nada disso; as perdas poderão recair sobre as tarifas do consumidor que paga, ou seja, eu e você!

O investigado pela Polícia Federal na Operação Zelotes, Paulo Roberto Costa, que fazia parte do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais da Receita Federal, em escuta telefônica com um "sócio" disse o seguinte:
- Quem paga imposto é só coitadinho. Quem não pode fazer acordo se fo...!
"Acordo" significa negociata e "coitadinhos" somos nos, claro.

O jornal britânico Mirror contou uma história realmente inusitada de um mau-caráter chamado Robert John Lind do estado de Minnesota, nos Estados Unidos, que foi pego pela copeira da empresa em que trabalha com a mão no bilau e ejaculando dentro do copinho do café da colega da qual ele disse,depois,estar apaixonado.
A moça, coitada, se disse chocada com o fato e que, inclusive, já havia notado "um cheiro e gosto estanho" no seu cafezinho.
O sujeito vai pegar um gancho de um ano de prisão.




 


 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário