sexta-feira, 8 de maio de 2015


 
                                    ACONTECEU
As reuniões do Conselho de Administração da Petrobras, são, - como na maioria das grandes empresas internacionais-, gravadas,servindo, depois,para a elaboração das atas. O Ministério Público que apura as falcatruas da operação Lava-Jato, interessou-se nas fitas onde naturalmente estavam gravadas as discussões sobre assuntos hoje investigados. Seria uma mão na roda. Mas, segundo o jornalista Fábio Fabrini, a Petrobras destruiu os vídeos sob a alegação de ser esse o "procedimento de praxe".

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), foi reeleito no primeiro turno vendendo que o melhor estava por vir. Na realidade ele estava escondendo da galera que ele havia gastado R$ 4 bilhões a mais do que poderia gastar. Resultado: hoje, o seu estado é o maior deficitário do país e não tem jeito, terá de apertar o cinto mas os professores não têm nada com o peixe e ainda por cima levaram porrada.
 








A reprovação ao governador tucano entre os paranaenses está em 76%, um pouco melhor do que a doutora Dilma que por sinal usou da mesma metodologia a fim de se reeleger e agora não pode aparecer em público nem em gravação do seu partido porque leva panelaço.

Na Bíblia, em Números, capítulos 22 e 21, Balaão teve o seu pé esmagado contra um muro porque espancava o seu jumento que havia se desviado de um Anjo do Senhor que ele, Balaão não vira.
Em Amargosa, na minha Bahia, um rapaz foi tragicamente morto pelo seu jumento após ser mordido na cabeça, no pescoço e pisoteado. A tragédia não tem nenhuma explicação plausível.

A Câmara Federal aprovou a chamada PEC da Bengala que pretende aprovar a idade de aposentadoria de servidores, sobretudo os ministros do STF para 75 anos de idade. Será que teremos, agora, mais agilidade e eficiência da Justiça?  

O governo, liderado pelo PT e PMDB, com o apoio inesperado do DEM, conseguiu aprovar a proposta de arrocho fiscal, mudando os critérios do abono e seguro desemprego. Quem diria que o PT ficaria favorável a um projeto que vai prejudicar os trabalhadores?
Agora, gente, para garantir a vitória, rolou promessa de cargos e o PMDB já ameaçou para quem tem a caneta que as nomeações deverão sair até segunda- feira.

Os nossos avós já diziam quando surgia alguma novidade: "Não falta mais nada!"  Será mesmo? Da cidade de Port Elizabeth, África do Sul, três mulheres abordaram um homem e, sob o pretexto de pedir-lhe informações o sequestraram!
O cara foi obrigado a ingerir um líquido que o deixou excitadíssimo e assim, elas três fizeram saliência com ele. 
Depois de algumas horas do vuco-vuco, o suplicante foi até uma delegacia e prestou queixa e a autoridade polical registrou o assunto no Beletim de Ocorrência. Os jornalistas de plantão ainda ouviram o policial dizer que "nunca havia visto nada parecido".
É, galera, a mulherada por lá deve estar no maior perrengue. Tomara que a moda não pegue por aqui. rsrsrs



 













 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário