sábado, 13 de junho de 2015

MEMÓRIA
ASSALTO FRUSTRADO
No dia 5 de junho de 1987, há 28 anos passados,populares desconfiaram de automóvel da marca Corcel, cor de prata, placa II - 5968, que andava em marcha lenta, pra lá e pra cá, no trajeto compreendido entre as agências do Bradesco e Banco do Brasil, na cidade da Cachoeira.
Embora não houvesse, ainda, a profusão de celulares (aliás nem existiam), alguém ligou da loja Santa Terezinha de Fernando José Almeida. Logo chegaram os soldados Nelson e Sampaio que abordaram a viatura surpreendendo os seus ocupantes, dando-lhes voz de prisão visto que, com os elementos se encontraram revólveres calibre 38. Todos eram oriundos de Belém de São Francisco (PE). Por volta das 19h do mesmo dia, todos os elementos foram encaminhados para a Regional de Santo Amaro da Purificação.
Curiosamente, galera, no mesmo dia,um carro de placa oficial de uma cidade paraibana também passou a rondar a praça doutor Milton. De novo acionada a polícia que abordou a viatura. Um dos ocupantes se identificou como prefeito e que estava apenas visitando a cidade. Checada a informação era verdadeira e confirmada através rádio.
Será que se fosse hoje, com bandidos impiedosos e cruéis fortemente armados haveria qualquer chance de sucesso?

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário