sexta-feira, 10 de julho de 2015

ACONTECEU
O ex-presidente Lula, sem despertar o mesmo charme dos velhos tempos, discursou para alguns funcionários da Petrobras, lembrou alguns momentos da sua vida pública e ameaçou:
- Não vou me matar, não vou sair do país.Eu vou para a rua. Se querem me derrubar, vão ter que me derrubar na rua !
E, mais adiante:
-  Acho que a companheira Dilma tem a noção exata do que eu estou falando. Ela conviveu muito tempo comigo e sabe que, nas horas difíceis, não tem outra alternativa a não ser encostar a cabeça no ombro do povo e conversar com ele.
Pura retórica. Lula sabe, está por dentro dos baixos índices da "presidenta", do PT e dele próprio. "Encostar a cabeça no ombro do povo"  lembra uma velha guarânia: "Encosta tua cabecinha no meu ombro e chora / E conta logo tua mágoa toda para mim / Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora / Que não vai embora, que não vai embora".

No mesmo diapasão político, discursando a favor da maioridade penal, disse Maluf:
- É preciso por um fim na impunidade !
Cara de pau, rapaz! Para quem continua impune diante de tantas denúncias de corrupção, - com todo o respeito -, vá ser cínico assim na ponte que  partiu !

E aí em Pojuca, na minha Bahia, um homem de 41 anos, cuja identidade foi preservada, teve o bilau decepado pela mulher, tudo indicando que foi por ciúme.
O pobre coitado foi levado para o Hospital Geraldo Estado onde passou por uma cirurgia, não sabemos se foi com sucesso. 
Em tempos passados, aconteceu em Salvador um caso semelhante na localidade de Brotas, quando uma tal de Nita castrou o companheiro. O assunto foi tema de um livreto de cordel de Cuíca de Santo Amaro. Os Tincoãs gravaram no seu segundo disco: "Samba Nita,samba Nita/ Mulher de Brotas aqui não fica!"                                                               


A vagabundagem aqui no Rio não respeita nem autoridade religiosa; o Arcebispo Dom Orani foi assaltado, de novo, e até o presente que ele recebeu do Papa Francisco foi levado.
Um dos bandidos, um "demenor" , ainda curtiu cinicamente:
- É aquele padre conhecido!

Saidinha de banco é outra modalidade de crime que a malandragem vem praticando diariamente. Maria Lúcia da Cruz Caminha, dona de um salão de beleza em Ipanema, foi baleada após haver feito um saque de R$ 15 mil para pagar aos seus funcionários.
O bandido, Leandro Silva de Paula foi quem a abordou mas ela gritou por socorro e puxou a bolsa. O cara atirou na perna dela,e, na fuga, perseguido pela PM, se jogou na Lagoa Rodrigo de Freitas. Fingiu que estava tomando banho, na maior cara de pau.

Morreu no domingo, o japonês Sakari Momoi, o homem mais velho do mundo de acordo com o Guinness. Bateu a caçuleta aos 112 anos de idade. 

O IBGE divulgou que, a cebola, indispensável para temperar qualquer comida e no preparo de uma saladinha, teve uma alta de 23,78% pressionando ainda mais a inflação oficial. 
Na festa de N.S. da Ajuda, vamos lamuriar:
- Ai,cebola, tempero de...  Tempero de maniçoba, gente maldosa! 


Deu no New York Daily News, a prisão de um tal Triston Horne (foto) por agressão doméstica e teve de pagar fiança na ordem de mil e quinhentos dólares pra não ficar engaiolado.
Ele foi visitar a ex-mulher, uma tal de Misty Clark mas, quando foi ao banheiro fazer xixi, deparou-se com um vibrador. Travou uma discussão com a ex, agrediu a ex torcendo o braço dela,e, o pior, quebrou o brinquedinho erótico da pobre criatura .
 









 











 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário