sexta-feira, 18 de setembro de 2015

 ACONTECEU
Na Cordilheira do Himalaia, na Índia, um agricultor de 46 anos foi ao mato "tirar água do joelho". Tava lá, tranquilão fazendo o seu xixi quando uma cobra deu o bote e picou o bilau do camponês. Inchou tanto que ficou parecendo uma bola de tênis.
Hospitalizado por três dias, de acordo com os médicos do Instituto Sher-in Kashmir de Ciências Médicas, o camponês teve alta pois não corre risco de morte. Se o dito cujo vai funcionar não sei nem tenho interesse de saber.
Enquanto isso, no Vietnã, cinco cachorros foram filmados atacando uma cobra enorme. A matilha atacou sem medo enquanto o réptil tenta se defender. 

Governo anuncia que vai cortar gastos a fim de recuperar a economia. As medidas anunciadas, em resumo, mais cobrança de impostos inclusive a conhecida CPMF e até a abertura de Cassinos, pois a jogatina desenfreada com as loterias da Caixa ainda é pouco.
As críticas ao pacote vêm até de líderes governistas.

A cada semana vem-se elevando o número de mortos de imigrantes refugiados  notadamente do Afeganistão, Síria e Somália. Esse fluxo migratório se deve a novas guerras civis em países islâmicos, o Paquistão e a Nigéria.

O escocês Mohammed Abad, (foto) quando tinha seis aninhos, foi atingido por uma viatura que o arrastou por 180 metros. O acidente acabou destruindo totalmente o pênis do infeliz garoto. Ao completar 43 anos de idade, ainda virgem, Mohammed  ficou noivo, casou-se mas, a sua consorte (nem tanto assim, galera), cansou de esperar a solução do problema que não vinha nunca e então pediu divórcio.
Mohammed apelou para a ciência. Os cirurgiões criaram um bilau utilizando-se de cartilagem, gorduras e peles do paciente, implantando um aparelhinho  que serve como uma espécie de bomba no saco escrotal e um botãozinho "liga" e "desliga"
Segundo o jornal britânico Daily Mail, a coisa funcionou. No teste que foi realizado ainda no hospital, o pinto biônico ficou armado por 15 dias consecutivos.

Em Nápoles, na Itália, uma mulher com muito ódio no coração mordeu a amante do marido e só faltou engolir o dedo da rival.O vídeo está bombando na rede.
 
Faleceu o esportista Clóvis Acosta Fernandes, o Gaúcho da Copa (foto), vitimado por um câncer. Gaúcho acompanhou sete Copas do Mundo, sete Copas Américas, quatro Copas das Confederações e uma Olimpíada. 

Foi criada por ateus, nos Estados Unidos, mais precisamente em Las Vegas, a Igreja de Bacon e já tem mais de 12 mil "fiéis", digamos assim. 
O nome Bacon, refere-se, naturalmente ao filósofo Francis Bacon, criador do raciocínio indutivo e não ao deus grego associado à agricultura e ao vinho.
A nova "igreja" realiza casamentos "para os que não querem Deus na cerimônia" Crendeuspadi!

Mais uma sacanagem com a patuleia; todo mundo correu atrás para trocar os extintores de incêndio dos seus automóveis, enfrentando, como é de przxe, uma exploração comercial danada, afinal, faltavam apenas duas semanas para o prazo final. O que aconteceu? O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), decidiu que o uso do equpamento não é mais obrigatório em carros de passeio. E agora, que vai ressarcir o "prejú"? Deve ser o Abreu...você não sabe, nem eu!

O Supremo Tribunal Federal bateu o martelo; em decisão que valerá para as próximas eleições, estão proibidas, por inconstitucionalidade, as doações de empresas para as campanhas eleitorais.

Vem da cidade de Shishi, Província de Farjian, a foto do resgate de um "ricardão" chinês pendurado no parapeito do 7º andar do apartamento de sua amante.  O diabo é que o marido saiu pra trabalhar no dia anterior mas chegou mais edo em casa.

E para finalizar mais um caso bizarro; em Maeni Baker, na Austrália, o cara foi dar um "confere" na ex-mulher. Só que a atual dona Encrenca descobriu a traição e recolveu dar o troco. Enquanto o cara dormia, ela esquentou o aparelho de fazer chapinha e tacou no bilau do coitado.
O Processo corre em segredo de Justiça porém, confirmou-se a velha máxima de que mulher traída é muito pior do que bala perdida.
Bom final de semana, galera. 

 

 




 

 









 

Nenhum comentário:

Postar um comentário