sexta-feira, 8 de abril de 2016


                        Datas

                      
A Desportiva do Paraguaçu adquiria duas novas embarcações para a flotilha náutica da sociedade cachoeirana. As duas ioles, batizadas  de "Yara" e "Itabira", receberam as bênçãos ministradas pelo então vigário da paróquia, Augusto Cavalcante, no dia 1º de abril de 1931.














No campeonato cachoeirano que se disputava no campinho denominado Ubaldino de Assis, no dia 2 de abril de 1949, o Fluminense Cachoeirano (foto abaixo), sagrava-se campeão, ao vencer o Botafogo, por 2 a 0, gols de Bahia e Turuna.





 






No dia 6 de abril de 1727, por ordem do rei de Portugal, João Francisco Antônio José Bento Bernardo de Bragança, ou simplesmente João V (foto), todas as Câmaras do Brasil tiveram de contribuir com determinada quantia destinada aos custeios do casamento de Sua Majestade. 
A Câmara da Cachoeira teve de dançar com 64:000$000 (sessenta e quatro contos de reis), uma grande quantia à época. 

Há 227 anos volvidos, no dia 7 de abril de 1789, numa propriedade rural no distrito de Santiago do Iguape da então Vila da Cachoeira, nascia Rodrigo Antônio Pereira Falcão Brandão, um menino rico, herdeiro de glebas de terras. Esse moço, iria desempenhar um notável papel na campanha da Independência de 1822, na Sabinada e na chamada Revolução do Guanais.

Rodrigo Brandão(foto), abraçou a carreira militar e alcançou enorme sucesso visto que, com apenas 22 anos de idade, já era nomeado capitão de Cavalaria da Guarda Nacional e foi,depois,agraciado com o título de Barão de Belém.
Infectado pelo vírus da cólera-mórbus, Rodrigo brandão faleceu no dia 10 de setembro de 1855, sendo sepultado no Convento de São Francisco do Paraguaçu. hoje em ruínas. Será que o mausoléu ainda pode ser encontrado?

 Ocorreu em 9 de abril de 1866, há 150 anos passados, portanto, um descarilamento de uma composição férrea que seguia da Cachoeira com destino a Feira de Santana.
Segundo relatos da época, o comboio composto de 11 carros estava pouco adiante da estação de Belém da Cachoeira, quando, por motivos não esclarecidos, (provavelmente não estavam engaitados direito), desceram ladeira abaixo deixando muitos passageiros feridos. Como vitima fatal, o funcionário da ferrovia, Manoel Raimundo, exatamente o funcionário que fazia tal serviço.

 







 

Nenhum comentário:

Postar um comentário