sábado, 4 de junho de 2016

DATAS










Dia 30 de maio de 1945, era fundado na Cachoeira, o Comitê Liberal, cuja finalidade era dar apoio político ao presidente Getúlio Vargas. 



No dia 31 de maio de 1947, no antigo Cine Tearo Cachoeirano um grupo de tradicionalistas cachoeiranos se reunem a fim de nomear uma Comissão Patriótica a fim de cuidar dos festejos do 25 de Junho, em se considerando não haver o Interventor do estado da Bahia não haver nomeado o novo prefeito da cidade. Estávamos no período da ditadura Vargas.

Era nomeado em 1 de junho de 1842, ao cargo de Juiz de Direito da Comarca da Cachoeira o doutor Inocêncio Marques de Araújo Góes, depois Barão de Araújo Góes. Ao aposentar-se, o meritíssimo era membro do Supremo o 

Vinha à lume no dia 2 de junho de 1870 o primeiro jornal com o nome de A ORDEM, que circulou por mais de 60 anos. O bi-semanário cachoeirano era órgão oficial do Partido Conservador de apoio à monarquia. Depois da proclamação da República, o jornal passou a se denominar como "órgão independente".   

No dia 5 de junho de 1870, coberta de glória e do reconhecimento do país inteiro, era homenageada em Salvador a ilustre cachoeirana Ana Neri. Em sua terra natal, formou-se uma comissão representativa a fim de comparecer ao evento.
Nesta mesma data, no ano de 1894,visitava a Cachoeira pela primeira vez, o Arcebispo D.Jerônimo Thomé da Silva
                                                                                                             

                                  






Nenhum comentário:

Postar um comentário