sábado, 25 de março de 2017

OPINIÃO
                           Lista Fechada
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral não resiste ais holofotes e microfones abertos. Em suma, a presença da imprensa. Em dias desta semana, Sua Excelência, violando as leis da magistratura e da ética defendeu a votação na tal de lista fechada por considerar o sistema atual de "exaurido". Excelência, com a devida vênia: "exauridos" são os políticos que aí estão, com raríssimas exceções.
Como eles podem legislar em causa própria, vão aprovar a lei de abuso de autoridade e a votação em lista fechada.
A lei de abuso de autoridade visa controlar a Procuradoria Geral da República, a Polícia Federal e os jovens desembargadores e juizes, dar um basta a Lava-Jato que vem demonstrando de forma clara a roubalheira e a podridão em que o Brasil está e poderá soçobrar. 
O Congresso deseja a lista fechada já para as próximas eleições para que os poderosos envolvidos em caixa dois e propinas fiquem escondidos dentro dela. Nos primeiros lugares, claro, sem que o eleitor saiba. Assim, continuarão se perpetuando no poder e  gozando das benesses do foro privilegiado.
Vamos ficar ligados. Queremos livrar o país da corrupção destrutiva e não devemos permitir mais essas manobras desavergonhadas. 



       Três vezes Azzi

Foi através deste blogger que o engenheiro Vittório Serafim nos reencontrou.Trabalhamos juntos nas obras de Pedra do Cavalo,sobretudo em alguns finais de semana a fim de recepcionar visitantes previamente programados. Eu trabalhava no Setor de Comunicações, responsável pela elaboração do mensário "Desenvale Notícias" e na projeção de um filmete sobre a obra. O  engenheiro Vittório, por vezes revesava com o técnico angolano Júlio Gouveia que não tinha o mesmo jogo de cintura, a mesma resposta bem humorada para as frequentes perguntas imbecis de alguns alunos.
Certa feita, - contou-nos o Engº Vittório,- o engenheiro Carlos Azzi, (membro de uma família  de enorme influência política na cidade de Alagoinhas e vizinhos municípios), falava da excelência e perfeição de uma "ponte" realizada em sua arcada dentária por um cirurgião dentista da sua cidade natal. Seu colega, engenheiro Gustava Rocha,(irmão da eterna Miss  Bahia,Marta Rocha) mostrou-se interessado. Carinhosamente chamou o engenheiro Azzi pelo apelido:
- Ki-Suco,deixa-me dar uma olhadinha!
Azzi não se fez de rogado. Abriu a boca cheia de dentes e também chamou o colega Gustavo pelo apelido:
- Pode ver, Matéria !
Gustavo se aproximou o mais que pode,  a fim de ver a fixação da tal "ponte". Depois,olhou sério para o colega, fez uma cara de nojo e falou sério:
- Ki-Suco, você tem certeza que o seu dentista não cagou debaixo da ponte?!

Agora é comigo.  Bete, secretária da gerência, conferia uma medição juntamente com Jair:
- Medição número tal...entrou?
E Jair respondia:
- Entrou!
Na hora exata que Bete questionava e Jair respondia, Azzi fez a pergunta com uma ponta de malícia:
- Entrou, seu Jair?
E ele:
- É ruim,hein!
E Bete, surpresa:
- Entrou ou não entrou,seu Jair?!
E ele, gaguejando:
- En-trou!  En-trou !
E como são três vezes Azzi, segue a última. Ele era o prefeito da Vila Residencial mas, naquela manhã estava no canteiro de obras, afinal,toda a diretoria da Desenvale lá estava,. O governador João Durval Carneiro iria visitar a obra. No exato momento da chegada da comitiva, o rádio chama:
- Atenção doutor Azzi! Atenção doutor Azzi, Vila Residencial chamando...
E Azzi respondeu:
- Fala, Suzart !  Algum problema por aí?
E Suzart esclareceu:
-  Doutor Azzi,. o carneiro ladrão arrombou a cerca de novo!
E Azzi preocupado para não haver mal entendidos, por causa do sobrenome do governador:
- Suzart cuidado com o que você está falando...
E Suzart insistiu:
- É o carneiro ladrão.doutor Azzi!
O nosso amigo Azzi, em boa hora,resolveu desligar o rádio. 


               


Em 27 de março de 1978, uma comissão liderada pelo Juiz da Comarca, o cachoeirano Raimundo Antônio Queiroz e o médico Luciano Santos Flores, o semanário "Correio de São Félix" encetava uma campanha a fim de angariar recursos e efetuar algumas obras necessárias no forro e soalho da Igreja de Deus Menino da vizinha São Félix.


Construído em 1781, o aqueduto (foto) instalado na praça doutor Milton, na Cachoeira, a fim de servir à população de água potável, sofria com os desvios de água de comodistas moradores da denominada Levada do Chafariz. Quem administrava a cidade era o comerciante Manoel Martins Gomes que, em 28 de março de 1895 mandou colocar tubos de ferro em toda a extensão a fim de impedir a ação dos predadores da coisa pública que sempre existiram. Com certeza não deu certo.

Em 29 de março de 1930 acontecia nova enchente do Rio Paraguaçu. O mês de março - que a patuleia chamava de maré de "malço - segundo registros históricos, era quando aconteciam as maiores cheias que atormentavam Cachoeira e São Félix.




Em sua edição de 29 de março de 1975, o semanário Correio de São Félix considerava "o inestimável o serviço que presta diariamente  a Viação Camurujipe transportando gratuitamente em diversos horários, a mocidade estudantil para os ginásios e colégios desta e da cidade vizinha"


Hoje eu acordei lembrando do saudoso "Correio", do meu amigo, o poeta Luiz Gonzaga que acolhia os meus primeiros escritos e quando fui o seu redator chefe quando o amigo Osmar comprou as oficinas e reabriu o jornal. Em sua edição de 30 de março de 1978, o semanário fazia uma reportagem e cobrava das autoridades as obras necessárias para a estrada que liga a cidade à cidade serrana de Muritiba, cujo estado de conservação estava precária.



Em 31 de março de 1875, era inaugurada a estação telegráfica da cidade da Cachoeira, um notável progresso à época. Nos tempos atuais, alguém sabe ou conhece quem ainda passa telegrama?

Em primeiro de abril de 1975 chegava às oficinas da Leste uma grande quantidade de  maquinário e material para as obras de restauração da ponte D.Pedro II que sofreu avarias depois da enchente do Rio Paraguaçu.

No dia 2 de abril de 1971, o Banco do Brasil divulgava o resultado do concurso realizado para o preenchimento de vagas no seu quadro de auxiliares de escritório. Da cidade de São Félix, foram aprovados para trabalhar na agência local (foto), Valdir Gomes de Araújo e Nelza Santos da Silva, que foi a primeira do sexo feminino a ser aprovada em concurso. O banco não permitia a inscrição de mulheres.
Da Cachoeira, lograram aprovação: Antônio Bonfim Alves e Marcos Raimundo Paim Santana que não chegou a assumir o cargo em vista de ter se acidentado fatalmente numa piscina, em Salvador.


A foto acima da década de quarenta, é da antiga rua da Ponte Nova, que em 9 de novembro de 1890, há 127 anos volvidos, portanto, passou a chamar-se Virgílio Damásio *1838-1913), natural de Itaparica, médico renomado (inclusive de Rui Barbosa de quem era primo). Virgílio Clímaco Damásio (foto)  era republicano convicto, era vice presidente do Partido Republicano da Bahia e governou o estado, no período conturbado por óbvios motivos, por apenas cinco dias: de 18 de novembro de 1889 a 22 do mesmo mês e ano.
Virgílio Damásio foi, depois, eleito Senador com o apoio maciço dos cachoeiranos contrários ao regime monárquico. 
                                                                      

            Diário íntimo e memórias de Sabino de Campos 9                                                                                           
                         JORNAL DIÁRIO

 Vamos prosseguindo com as memórias do poeta Sabino de Campos que nos revela coisas interessantíssimas e desconhecida de muitos. A revelação que segue, sinceramente, eu não tinha notícia.

"Transferido de Feira de Santana, veio a reaparecer na cidade de São Félix, em fase diária, o jornal O PROPULSOR, noticioso, literário, agrícola,industrial e comercial, no dia 01 de março de 1918, com edição inicial de 40 páginas. A firma proprietária era Demétrio de Araújo&Filho e seu redator-chefe o engenheiro Demétrio L.P. de Araújo, fundador do mesmo e sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia.
De propriedade do Arquivo Público da Cidade de São Félix, na Bahia
Foto do Arquivo Público de S.Félix-BA
    "Estava instalado O PROPULSOR na Rua Senador Temístocles,(foto) com importantes oficinas gráficas.
Eu, que me encontrava na capital, e fazia parte do diário O Estado, do Dr.Homero Pires, fui convidado para redator-chefe de O PROPULSOR. 
Aceitei o convite e assumi o cargo, com o ordenado de cem mil réis mensais, desde o seu primeiro número.
Fazia todas as notas, artigos de fundo e tópicos, uma seção diária intitulada O Tempo, muito apreciada pelos leitores, traduzia telegramas e ainda fazia toda a revisão das provas.
Lamentavelmente, a 30 de dezembro de 1916, com o número 229, da segunda faze, o jornal suspendeu a publicação.
Jornal diário no interior é uma temeridade!


O que mais aproveitei foi a publicação naquelas oficinas, já em 1919, do meu primeiro livro de versos, Jardim do Silêncio, com desenhado por meu saudoso e genial irmão Jardelino, e capa pelo grande artista português Corrêa Dias,(Fernando Corrêa Dias - foto)  que se suicidou  no Rio de Janeiro e era casado com a poetisa brasileira Cecília Meireles (foto abaixo).






O Jardim do Silêncio foi recebido elogiosamente pela crítica e escritores nacionais e estrangeiros, entre os quais João Ribeiro e Augusto de Lima, da Academia das Ciências de Lisboa".
O soneto que segue de autoria de Sabino de Campos, foi publicado no jornal sanfelixta "O Propulsor"

                                            PROFISSÃO DE FÉ

                                       Se eu não tivesse uma alma que ama e sente
                                       Um sol no ocaso, um luar que se desdobre,
                                       Eu não teria o orgulho de ser crente
                                       E meu consolo de ser triste e pobre.
                                       
                                       Sou assim; quero bem a minha gente
                                       Feliz por ter um teto que me cobre,
                                       E na terra, plantada, uma semente,
                                       A esperança, talvez, de árvore nobre.

                                       Meu evangelho está na Natureza
                                      E creio que, na vida emocional,
                                      Sou o eremita dessa redondeza...

                                      Para, contrito, amar a Perfeição,
                                      Inundo-me de luz espiritual,
                                      No convívio de Deus e do perdão.


                                   
                                                     




O botijão de gás (GLP) que não sofria aumento há um ano e seis meses foi reajustado em média 9,8%, aqui no Rio de Janeiro. Vai aumentar tudo, galera!

Um garoto de 6 anos de idade foi encontrado no estômago de um crocodilo na aldeia de Mushumbi Pools, na Província Central de Mashonaland, no norte de Zunbábue.
O garoto estava desaparecido ha mais de quinze dias e os moradores desconfiaram que o réptil o havia atacado. Quando mataram o animal, os restos mortais do menino estavam no estômago do animal conforme o comprovam a foto abaixo:


Um outro ataque de crocodilo, agora em Moçambique, na beira do Rio Zambeze, acabou matando o zagueiro Estevão Alberto Gino,(foto) que era jogador do Atlético Mineiro do Tete.


Em Faline, no oeste de Londres, Richard Bull (foto) é do tipo que não larga o seu iPhone de jeito nenhum. Vai ao sanitário leva o telefone, vai tomar banho, leva o telefone. Ele estava tomando um delicioso banho de piscina quando de repente; vupt!  O aparelho, que estava carregado caiu na água e ele acabou eletrocutado.
É um exemplo, embora trágico, pra muita gente em nosso país.



O pessoal que mora na região de Casemiro de Abreu, no estado do Rio de Janeiro, em vista dos ataques dos mosquitos causadores da febre amarela, estão matando os pobres macacos que encontram.
Exames feitos pela Fiocruz revelam que os macacos são tão vítimas quanto nós, só que eles não tomam vacina. Como dizia aquele jargão de um humorístico da Globo:
O macaco tá certo !

Daniel Boria é um maluquete canadense que resolveu bancar o Santos Dumont. Encheu vários balões com gás hélio e chegou a subir bastante alto. A sua aventura causou enorme confusão na cidade, inclusive no trânsito. Daniel recebeu o prêmio de uma multa de 26 mil e 500 dólares
- É um pássaro? 
- É um avião?
- É um babaca otário causando confusão!


Foi diagnosticado em exame recente no prefeito do Rio, Marcelo Crivella, um câncer de próstata. O alcaide carioca está em tratamento. Se o resultado não for satisfatório, submeter-se-á a uma cirurgia.
A prefeitura do Rio assumiu os restaurantes populares, sendo reabertas três unidades com o café da manhã a 50 centavos e refeições a dois reais. Beleza ! 


Já está nas bancas a revista em que a filhota do apresentador Datena aparece bem à vontade. A moça já havia sido convidada anteriormente quando tinha 18 anos incompletos.



Policiais militares de Umuarama, no Paraná, encontraram  83 gramas de erva em bananas que seriam entregues a um preso da carceragem local. Os caras têm imaginação pra zorra!



O incansável procurador da República, Rodrigo Janot, (foto) formalizou a devolução de parte do dinheiro de propina do esquema "Cabralão" que deu pra pagar a grande parte dos aposentados do Rio. 

Quem disse que pular a cerca é coisa da ralé?  Segundo a imprensa britânica o príncipe William teria dado uma "volta" na esposa com  a modelo australiano Sophie Taylor, (foto) na Suíça. 


                                                                          
É muito difícil a semana que a gente não escreve aqui sobre a acusação de alguma professora americana tarada que faz saliência com aluno. Só que por lá o bicho pega. A professora da foto, Sarah Fowlkes, professora de biologia em Lockhart, no Texas, foi presa depois de comemorar cinco anos de casamento. Ao chegar no presídio abriu aquele sorriso. Deve ser por ter dado uma "peruca de touro" de presente ao Inocente. rsrs.

O carnaval do Rio ainda não acabou, A Mocidade Independente de Padre Miguel entrou com um recurso na Liesa para recuperar perda de meio ponto de um jurado. A Escola considera justo dividir com a Portela o título deste ano.


O sueco da foto criou uma bicicleta elétrica de quatro rodas no formato de um carrinho de brinquedo. Patenteou o seu invento e, com certeza, vai faturar uma graninha legal.



Por falar em bicicleta, a jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, foi fazer a sua visita semanal, no presídio onde ele se encontra e causou espanto e curiosidade, porque a madame estava numa cadeira de rodas. É que ela levou um tombo ao cair da sua "bike". Tá esclarecido?


Um a zero para a Polícia que desarticulou uma quadrilha infiltrada no Detran do Rio de Janeiro que clonava carros roubados. A quadrilha chefiada por Sandoval Macedo das Chaves faturava mensalmente a bagatela de 3 milhões.

Em Salamanca, na Espanha, um casal fogoso, naturalmente não deu pra chegar até o quarto, partiu para o sexo gostoso na varanda da casa, ignorando pedestres que filmaram tudo no celular e mandaram para a TV. A falta de vergonha não tem limite. 



Breana Talbott (foto) do Texas, foi presa por ter inventado que foi sequestrada por três homens e sofreu estupro. Sua mentira caiu por terra após exame de corpo de delito. Não havia nenhum sinal de agressão.


Na Índia, Khalida Begum ficou assutada quando olhou pela primeiro vez para o seu recém-nascido. Ela até recusou de amamentar o bebê considerado pelos familiares e pelos que a visitam como um bebê alienígena.
Para a ciência o problema é genético, nada a ver com extraterrestres.  Qual é a sua opinião?

Hoje, sábado, dia 26 de março, é o dia que a Igreja Católica dedica a São Dimas, um dos dois que foram crucificado com o Senhor Jesus.                                                
                                 
Tomando por base as escrituras, João, "o discípulo amado", aquele que foi testemunha ocular do ministério de Jesus, que o  acompanhou  até o Gólgota, aquele que ficou incumbido de auxiliar, cuidar e prover a própria mãe de Jesus, nos conta no capítulo 19 versículo 18:
"... onde o crucificaram, e com Ele outros dois, um de cada lado., e Jesus no meio"
Pelos motivos expostos acima, salvo melhor juízo João é o que para mim, leigo em teologia, tem maior credibilidade.
Mateus, no capítulo 27 versículo 38:
"E foram crucificados com Ele dois salteadores , um a direita e outro â esquerda"
Mateus os classifica como salteadores, sem dar nome a nenhum deles.
Marcos classifica os dois como "ladrões" e, no capítulo 15 versículo 27 escreveu:
"também os que com Ele foram crucificados o insultavam"
Lucas, no capítulo 23 versículo 43, particulariza o diálogo dos que estavam na crucificação, sem dar nome a  ninguém.
"um dos malfeitores blasfemava e o outro chamava, Senhor, lembra-te de mim, quando estiveres no teu reino, E Jesus respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso"
É dessa versão de Lucas que vem o adjetivo de "Bom Ladrão" como se tivesse algum ladrão bom. Não livro a cara de nenhum dos envolvidos na Lava-Jato.
Não existe nas Escrituras que o nome do "Bom Ladrão" seja Dimas.
Bom final de semana, galera.



                                                                                             




                                                                           



                                            






















Nenhum comentário:

Postar um comentário